quarta-feira, 15 de novembro de 2017

Horácio Simões Tradição tinto 2015

Normalmente quando se fala da casa Horácio Simões, toda a gente a associa aos seus moscatéis. Mas os seus vinhos tem ganho uma consistência de ano para ano e merecem ser muito mais conhecidos.
Este Castelão de vinhas velhas é um deles. Tenho provado quase todas as colheitas e mantém-se num patamar de excelência!
Com uma cor tipo violeta.
No nariz a fruta está bem presente, tipo amoras.
Na boca é sedoso. Os taninos estão presentes mas sem se notarem. Grande afinação com a barrica.
Final persistente.
Mais uma excelente colheita deste vinho, a provar que esta casta quando bem trabalhada merece ser mais bem tratada pelo consumidor.

Comprem, bebam e desfrutem deste vinho que tem uma das melhores relações qualidade preço que anda no mercado!

sexta-feira, 10 de novembro de 2017

Brejinho da Costa reserva tinto 2009

Começo a não ter palavras para falar dos vinhos da Quinta do Brejinho da Costa.
E este reserva é mais um que passa ao lado de muita gente.
Feito de Alicante Bouschet.
No copo a cor impressiona logo. Escura, não parece que tem oito anos sobre a sua colheita.
No nariz cheira a frutos pretos, tipo amoras. Na boca tem um vigor espetacular. Guloso, com uns taninos ainda presentes como que a dizer que temos vinho para mais uns dez anos à vontade!!!!!
Quando o provei pela primeira vez disse que este vinho tinha uma potencialidade de envelhecimento brutal. Vejo que não me enganei passados estes anos.
Não está numa daquelas regiões mais conhecidas onde os vinhos mal nascem são apelidados de super premium e têm preços absurdos para aquilo que valem.
Acho que todos os consumidores e enófilos deviam olhar para esta empresa com outros olhos!!!!!!!!!!!!