domingo, 8 de maio de 2016

Quinta do Piloto reserva branco 2014

A Quinta do Piloto está na família Cardoso há quatro gerações, mas só há pouco tempo resolveu começar a engarrafar com o seu próprio nome. Os seus vinhos estão no segmento premium e no entanto vão lançar uma gama de entrada.
Este Quinta do Piloto reserva branco é um lote de Antão Vaz e Arinto.
Tem uma cor amarelo palha muito bonita. No nariz o Antão Vaz domina, mas não no estilo a que a maior parte dos enófilos está habituada. Não tem aquele toque dos vinhos alentejanos da casta, tipo tropical. Este é mais refinado, mais cítrico tipo tangerina.
Na boca está com uma estrutura espectacular. O arinto vem dar uma acidez no ponto.
Ou seja, é um vinho com um final de boca excelente. Acompanhou uma caldeirada de peixe na perfeição.

São vinhos destes que levam a Península de Setúbal para mais altos voos e espero que outros produtores não tenham receio em fazer mais coisas assim. ARRISQUEM!!!!!

sexta-feira, 6 de maio de 2016

Cegos por Castelão

CEGOS POR: CASTELÃO

 Castelão, também conhecido como Periquita, João de Santarém ou Castelão Francês, é uma casta que produz vinhos concentrados, aromáticos, algo rústicos e com uma boa capacidade de envelhecimento.
É uma casta com grande plasticidade, que permite fazer belos rosés e até vinhos brancos (serão algumas das surpresas).
Foi, durante muitos anos, uma das castas mais plantadas no nosso país, encontrando-se, agora, mais presente nas regiões da Península de Setúbal, Tejo, Lisboa, Alentejo e Algarve.
É esta a casta que vamos pôr à prova dia 14 de Maio, Sábado, em Setúbal. Teremos cerca de 20 vinhos, representando o que de melhor o Castelão nos pode oferecer e connosco estarão alguns dos enólogos e produtores que trabalham a casta, sendo esta uma oportunidade única para se perceber o real valor destes vinhos.
Os anos dos vinhos em prova vão de 2010 a 2013, dando a todos a possibilidade de perceber o potencial de guarda que estes têm.
A prova será completamente "Cega" e todos os provadores terão uma folha de prova, que depois de preenchida será entregue aos organizadores.
Os resultados da prova serão divulgados aqui, no Facebook e no próximo nº da revista Paixão pelo Vinho.
Após a prova (15€), sempre num ambiente informal e descontraído, haverá um jantar de degustação (30€), durante o qual serão servidos outros vinhos dos produtores presentes.
O Hotel do Sado oferece a possibilidade de dormida a um preço muito razoável (consultar cartaz).
Prova: 15€
Jantar: 30 €
Prova + Jantar: 40€
Limite de inscrições: 45
As inscrições só serão válidas depois de enviado um e-mail para cegosporprovas@hotmail.com oupurplesummer.mhd@gmail.com 
press release

quarta-feira, 4 de maio de 2016

Adega de Vila Real premium tinto 2013

Depois de ter bebido o branco no qual dei nota aqui, eis que chegou desta vez o tinto.
Feito de Tinta Roriz, Touriga Franca e Touriga Nacional, mostra uma cor avermelhada apesar dos quase três anos que já tem em cima.
No nariz é a Roriz que domina, através do aroma a amoras.
Na boca é um vinho já domesticado, com taninos suaves e uma acidez bem integrada.
Tem um final de boca ainda bom.

No meu ententer falta-lhe um bocado mais de garra para ficar no mesmo patamar do seu irmão branco. Se tivesse essa garra, ao preço que foi, era dos tais que se podia comprar às caixas sem problemas nenhuns!